Email

prjonataslopes@gmail.com

sábado, 2 de agosto de 2014

Eu e o Casamento... (4)

Por vezes partimos para o casamento com a ideia "Eu mereço ser feliz".
No entanto, tenho dois problemas sérios com esta frase.
1º Problema: O merecimento.
Tiago 1:17 diz-nos que tudo o que é bom vem de Deus e é algo dado pela Sua Graça. Se é pela Graça, é porque não merecemos.
Por isso, nos momentos felizes do casamento sejamos agradecidos ao Senhor por esta Sua dádiva para com pessoas pecadoras.
2º Problema: O casamento faz-nos felizes.
Atribuímos ao casamento o que ele muitas das vezes não oferece... Felicidade.
O que acontece é que quando deixar de haver essa "Felicidade", o casamento acaba e, por conseguinte, chega o divórcio.
Notamos isso quando o desejo da pessoa ao casar-se passa por transformar o seu cônjuge em tudo aquilo que sempre desejou e não naquilo que Deus deseja para essa pessoa.
Então, a verdadeira felicidade só se pode encontrar em Cristo e se por acaso a encontrar seja grato para com esta enorme dádiva (Graça).
E esta felicidade irá transformá-lo numa nova criatura e, por conseguinte, transformará o seu casamento até à consumação final do outro casamento (Vida Eterna).